Parada do orgulho LGBT reúne milhares em Copacabana

Milhares de pessoas ocuparam neste domingo as ruas de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, no dia da 23ª parada LGBTI. O tema do evento era “Vote em ideias, não em pessoas”.

O superintendente de políticas públicas LGBT do governo do Rio de Janeiro, Ernane Alexandre Pereira, lembrou no evento que, a cada 19 horas, uma pessoa LGBT é assassinada no Brasil. Ele pleiteia que os candidatos a cargos eletivos promovam “políticas públicas para grupos LGBT, com uma plataforma que olhe um pouco mais para esta comunidade, com segurança, educação, saúde e assistência”. “Queremos o político que se comprometa com esta pauta, que deixe de ser uma política de governo e passe a ser uma política de Estado”, disse.

Segundo a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT), o número de LGBTs que concorrem no próximo domingo a cargos nos poderes Executivo e Legislativo aumentou 386,4% em relação às eleições anteriores, diz o MSN.

No evento de hoje não havia bandeiras partidárias, mas, por várias vezes, gritou-se “ele não” contra o candidato à presidência do PSL, Jair Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto.

01/10/2018

(Visited 2 times, 1 visits today)